No dia a dia do síndico, é corriqueiro ir além do trabalho administrativo e ter de lidar com desentendimentos entre vizinhos. Esses problemas no condomínio, muitas vezes relacionados à convivência, abrangem desde discussões e brigas até disputas judiciais.

Embora originadas por variados motivos, tais dificuldades apresentam um ponto em comum: envolvem direitos e deveres de quem compartilha espaços.

Conhecer os principais transtornos e quais atitudes tomar para enfrentá-los vai ajudar sua gestão a promover um ambiente melhor para todos.

Então, acompanhe a leitura e saiba como agir em 5 situações que dão o que falar!

1. Inadimplência

É uma grave ocorrência, capaz de atrapalhar consideravelmente as finanças do condomínio. Além desse fator, há outro a considerar: morador que não mantém as suas obrigações em dia fica malvisto, tornando-se potencial alvo de ofensas.

Lidar com essas delicadas questões demanda forte empenho da administração, que deve seguir os procedimentos legais em cada cobrança. Dessa forma, não expõe o devedor a constrangimentos, dando o tom do tratamento a ser adotado por todos.

As posturas a seguir são recomendadas para resolver (ou prevenir) casos de não pagamento:

  • estipular uma taxa de condomínio que tenha uma folga sobre o orçamento mensal;
  • oferecer desconto para quem paga com pontualidade;
  • trabalhar com uma reserva de contingência;
  • avaliar a possibilidade de protestar os condôminos inadimplentes.

Claro que cada medida deve estar de absoluto acordo com a convenção condominial, para assegurar a legitimidade da sua aplicação.

2. Barulho

Com posição destacada entre os sérios problemas no condomínio, o barulho literalmente tira o sono de muita gente. Não é para estranhar, porque quando os ruídos extrapolam o permitido, incomodam quem está ao redor.

Trabalhar preventivamente é a melhor saída: a convenção de moradores deve estipular as normas sobre o silêncio no prédio.

Essa deliberação, que inclui as punições para infratores, passa a integrar o regimento interno do condomínio. Assim, a vontade da maioria prevalece, e você tem como fazê-la cumprir.

3. Reserva de espaços

Quando diferentes condôminos decidem usar determinado espaço (para fins privativos) no mesmo dia, o caminho está aberto a disputas e mal-estares.

Portanto, é indispensável seguir um agendamento prévio, a fim de organizar as datas de utilização da churrasqueira, salão de festas e similares. É fundamental, também, tomar o cuidado de manter regras rígidas para reserva e utilização desses lugares.

4. Uso da estrutura de lazer pelos visitantes

Piscina, academia, sauna, playground e outras áreas comuns são fontes de conflito em diversas ocasiões, especialmente no que diz respeito a seu uso por pessoas de fora do prédio.

Nos edifícios em que não há clareza quanto às regras para uso dos equipamentos, as complicações chegam a ser recorrentes. A solução é divulgar as normas de cada espaço, para que todos as conheçam e entendam como se comportar.

5. Incidentes na garagem

Vagas apertadas, motoristas descuidados: quadro propício a prejuízos e, consequentemente, muita confusão.

Sinalizar adequadamente a garagem, bem como investir na demarcação das vagas e iluminação da área de tráfego, previne grande parte dos aborrecimentos e acidentes.

Nesse sentido, alertar os motoristas sobre condutas perigosas representa valiosa ação. Esses avisos, por meio de circulares e placas afixadas no estacionamento, podem conter os seguintes alertas:

  • estacione sempre nos limites de sua vaga;
  • abra a porta do veículo com cuidado;
  • trafegue sempre com velocidade reduzida e atenção aos pedestres.

Mais problemas no condomínio somam-se aos acima elencados, grande parte por causa da constante proximidade dos moradores. Afinal, quando se trata de relacionamento humano, é normal aparecerem divergências. Importante é conseguir contornar cada contexto com máximo bom senso, para garantir a tranquilidade no local que você administra!

Agora, saiba tudo sobre reunião de condomínio: como organizar e ter sucesso!

Deixe seu comentário

Your email address will not be published.