A administração de um condomínio pode ser complexa por si só, afinal, por melhor que seja desenvolvido o trabalho, é necessário contar com a colaboração dos moradores. No entanto, quando se trata de uma reforma de garagem em condomínio, tudo pode ser mais difícil.

Dependendo do local e da época em que a mudança seja feita, o síndico precisa desenvolver estratégias prévias para manter a organização e a fluidez da rotina interna. Uma obra sempre pode sofrer atrasos ou imprevistos, e é necessário estar preparado para esses revezes.

Acompanhe este artigo e veja dicas eficientes de como fazer a reforma da garagem do seu condomínio. Boa leitura!

Trabalhe com base nas regras e leis do condomínio

Esse princípio é essencial e irrevogável para qualquer tipo de obra. Para evitar quaisquer situações agravantes, todo o processo de reforma deve ter como base as regras e leis do condomínio. Somente a partir desse ponto será possível construir uma base legal para iniciar a reforma da garagem.

Afinal, se alguma etapa for realizada fora das regras internas, qualquer morador terá o direito de questionar o andamento da obra.

Aproveite o momento

A reforma na garagem sempre causa transtornos aos moradores, então aproveite o momento para fazer tudo o que puder para não ter que atrapalhar a rotina do condominio novamente num futuro próximo.

Por exemplo: se a obra for somente de pintura ou de instalações elétricas/iluminação, o impacto na rotina é menor, e todos poderão estacionar seus carros à noite na garagem. No entanto, se a reforma for no piso da garagem, isso trará alguns problemas, visto que, em determinados momentos, os carros terão que dormir na rua. Caso essa seja a sua obra, é interessante aproveitar esse momento e realizar também a manutenção na rede de águas pluviais/drenagem (que correm debaixo do piso), evitando um futuro desgaste por nova interdição da garagem.

Ainda que se tenha pensado em uma intervenção mais simples, pode ser interessante pensar no assunto com mais profundidade. Alguns pontos interessantes poderão fazer parte do escopo dos serviços, tais como:

◦ troca do piso;

◦ modernização/melhoria da iluminação;

◦ modernização/melhoria das instalações elétricas que passam pela garagem;

◦ melhoria da ventilação;

◦ manutenção da impermeabilização;

◦ manutenção das instalações aparentes (teto da garagem), principalmente de esgoto;

◦ manutenção das instalações enterradas sob o piso;

◦ manutenção das juntas de dilatação

◦ recuperação estrutural

Tenha um cuidado especial com a logística

Uma obra na garagem deve ser minuciosamente estudada porque, diferentemente de outras reformas, ela pode transformar todo o cotidiano dos moradores. O fato é que, depois dos próprios apartamentos, o bem mais importante para os condôminos são os veículos.

Se uma reforma será realizada e isso obrigará uma mudança temporário para os veículos, o síndico precisa apresentar uma solução eficaz quanto a isso.

Foi citada a possibilidade dos veículos dormirem na rua no tópico anterior. Se essa solução não for possível (caso não haja espaço em volta do condomínio), será necessário criar outras opções, como a possibilidade de alugar um local para o estacionamento dos veículos ou até mesmo contratar manobristas para facilitar a movimentação e o estacionamento dos carros de forma segura dentro da garagem mas em espaço reduzido enquanto as obras estiverem em andamento.

Tudo isso faz parte de uma logística que as obras de garagem demandam.

Contrate uma empresa especializada

Por último, e não menos importante, trabalhe com quem entende do assunto. Se a reforma foi pensada de forma profissional, então precisa ser executada por especialistas da área. Nesse ponto, empresas como a Foco Consultt são vitais para a correta concretização da reestruturação do local.

Como essa reforma possui várias vertentes que podem a tornar mais complexa, não hesite em trabalhar com uma empresa profissional e especialista no ramo.

Uma reforma de garagem em condomínio pode causar muito incômodo para os usuários, mas com esas dicas temos a certeza de que os problemas serão minimizados. Também por outro lado, uma garagem bem reformada, ventilada e iluminada valoriza muito o prédio e melhora muito a qualidade de vida dos moradores.

Quer saber como realizar reformas dentro do seu condomínio? Entre em contato conosco!

Deixe seu comentário

Your email address will not be published.