Quem mora em prédio talvez não saiba exatamente quais são as funções do síndico, uma figura tão importante para a administração do condomínio. Ou então, quem cumpre esse papel pode querer saber como ser um bom síndico de condomínio e aperfeiçoar cada vez mais a sua atuação junto aos moradores.

O síndico é a pessoa responsável pelas execuções dos atos administrativos de um condomínio, podendo realizar várias atribuições, entre elas: contratar e demitir funcionários, aplicar multas, melhorar os serviços de lazer e realizar obras.

Se você já é síndico ou tem interesse em saber mais sobre o assunto, este artigo é ideal para você. Descubra agora 3 características essenciais para ser um bom síndico de condomínio. Vamos lá?

1. Ser organizado

De acordo com o artigo 1348 do Código Civil, algumas das atribuições do síndico são:

1. Convocar assembleias de condôminos;
2. Comunicar os moradores sobre quaisquer procedimentos judiciais ou administrativos envolvendo o condomínio e deus moradores;
3. Prezar pela conservação das áreas comuns e zelar pela prestação dos serviços que interessem a todos os moradores;
4. Elaboração do orçamento anual;
5. Cobrança de multas;
6. Prestação de contas;
7. Efetuar o seguro da edificação.

Não são poucas, não é mesmo? Dessa forma, é preciso organização para gerir bem um  condomínio e todas as suas tarefas.

2. Ter conhecimentos administrativos, legais e técnicos

Não é necessário uma formação específica para ser síndico, mas existem cursos que podem capacitar a pessoa para cumprir a função de uma forma profissional.

Independente da formação, para ser um bom síndico de condomínio é interessante saber sobre contabilidade, leis, investimentos, finanças e administração.

Alem disso, um bom síndico de condomínio tem noções básicas de obras. Esses conhecimentos são fundamentais para conduzir alterações no prédio.

3. Manter um bom relacionamento interpessoal

O relacionamento interpessoal é a capacidade de lidar bem com outras pessoas, uma habilidade muito necessária quando se trata de se relacionar com todos os moradores do condomínio.

Pensando nisso, alguns pontos devem ser trabalhados por quem deseja se tornar síndico:

Persuasão

Ganhar a atenção e respeito dos moradores é fundamental para ser um bom síndico. A persuasão é necessária para resolver conflitos entre os condôminos da melhor forma possível, visando o benefício coletivo.

Liderança

Trata-se de uma habilidade importante na hora de se comunicar com os moradores e chegar a um acordo, evitando discussões desnecessárias nas assembleias.

Administração de conflitos

É necessário conciliar o tempo todo os interesses de pessoas diferentes, que ocupam o mesmo ambiente, pensando em resolver as situações de conflito da melhor forma para todos.

Para ser um bom síndico de condomínio é preciso ter uma série de características e atribuições, aqui falamos sobre as principais. Se você deseja se tornar um síndico, esteja sempre disposto a aprender para se aprimorar como profissional. Afinal, essa função é muito importante e interfere no bem-estar de todos os moradores.

Curtiu este artigo sobre como ser um bom síndico de condomínio? Deixe um comentário neste texto e compartilhe a sua opinião sobre o assunto!

Deixe seu comentário

Your email address will not be published.