Vazamentos de água em condomínios

Residir em condomínios envolve tanto questões de zelo quanto estruturais que, obrigatoriamente, não se limitam a seu próprio apartamento. Isso ocorre porque problemas relacionados a vazamentos de água, infiltração, segurança, barulho e convivência afetam todos os moradores, fazendo com que o síndico disponha de grande esforço para contorná-los.

Sendo assim, é essencial saber como descobrir vazamento de água para ajudar a minimizar alguns dos vários empecilhos com que um síndico deve se preocupar. Além de esse tipo de problema ser recorrente em condomínios, ele geralmente não é detectado logo de início, o que potencializa tanto seu prejuízo financeiro quanto estrutural.

Diante disso, é importante ficar atento a alguns sinais que indicam o vazamento de água, possibilitando, dessa forma, a resolução rápida do problema e, posteriormente, a tentativa de prevenção para evitá-lo.

Indícios de vazamento

Existem sinais bem característicos que o síndico jamais deve negligenciar, demonstrando, assim, a presença de vazamentos, como:

  • goteiras no teto;
  • reboco e tinta úmidos e de fácil remoção;
  • bolhas nas paredes;
  • manchas em geral na parede e no forro.

Quando surgem alguns desses problemas, isso mostra que provavelmente o vazamento não é recente, ou seja, partes do encanamento já estavam comprometidas por um longo período, resultando em tempo suficiente para surgirem bolhas e manchas nas paredes.

Formas de identificar

Há medidas interessantes e eficazes que ajudam a identificar vazamentos. Entretanto, saber localizá-los com exatidão nem sempre é uma tarefa fácil e geralmente demanda a utilização de recursos tecnológicos e ajuda profissional.

Utilizar o hidrômetro como ferramenta de verificação

Caso haja em todos os apartamentos, utilizá-lo se mostra útil. Para realizar o procedimento, o síndico deve mobilizar todos os moradores do condomínio, pedindo que fechem as torneiras e desliguem as máquinas que utilizem água, por um tempo determinado.

Em seguida, com o registro aberto em todo o condomínio, a leitura dos relógios de água de cada apartamento deve ser coletada. Após uma hora, será necessário coletar novamente as leituras.

Ao constatar as diferenças entre as leituras inicial e final, o vazamento já se encontra averiguado e identificado em determinado apartamento.

Usar geofone

Geofone é um poderoso dispositivo eletrônico que auxilia na caça aos vazamentos. Com um princípio acústico, ele detecta o barulho da água vazando e amplifica consideravelmente a intensidade do som para que ele possa ser ouvido.

Dessa maneira, sabendo manusear corretamente o aparelho, o geofone é uma potente ferramenta de localização de vazamentos, dispensando a necessidade de se quebrar as paredes.

Fazer o monitoramento do consumo de água

Outra medida simples que pode ser adotada pelo síndico é fazer o acompanhamento periódico do consumo de água total do condomínio. Aumentos repentinos no gasto de água e consequentemente na conta são fortes indícios de possíveis problemas hidráulicos.

Além disso, empecilho ainda maior é constatar esse brusco aumento e não achar sinais de vazamento pelo prédio, ou seja, eles existem, mas não se sabe onde estão.

Medidas de prevenção e correção

Existem fatores que ajudam a evitar transtornos dessa natureza e são providências que os síndicos devem tomar, sem que se preocupem com gastos ou julguem serem perda de tempo. Veja:

Manutenção preventiva

  • fazer vistorias a cada 6 meses com a presença de um técnico;
  • realizar inspeção visual regular de banheiras, lavatórios, piscinas e reservatórios (principalmente em locais mais afastados);
  • promover a troca da encanação — caso as instalações do condomínio sejam muito antigas — antes que problemas mais custosos apareçam.

Manutenção corretiva

  • solicitar imediatamente ajuda profissional ao menor indício de problemas no encanamento;
  • não negligenciar aumentos repentinos do consumo de água, mesmo sem aparentes sinais de vazamento (eles evidenciam problemas escondidos). Nesse caso, é necessário contratar o serviço técnico.

Desse modo, fica claro o quão importante é para um síndico aprender como descobrir vazamento de água e suas complicações. Logo, tomar decisões baseadas em fatos não necessariamente implica em economia, mas evita maiores transtornos e problemas que podem comprometer toda a estrutura do condomínio.

Achou interessante o conteúdo? Então, comente no post e compartilhe suas experiências como síndico.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published.