Ao iniciar qualquer tipo de empreendimento, é necessário se ter um plano que servirá como um modelo de instrução de como proceder. Na área da construção civil, o projeto de obra faz esse papel. Ele contém todos os detalhes, tanto de execução quanto do orçamento da edificação.

Com essas informações, seu investimento tende a ser mais seguro, seja ele uma nova construção ou apenas uma reforma. Assim, você otimiza seus gastos, prevê prazos com alta exatidão, evita erros e, na ocorrência deles, os contorna com maior facilidade.

Neste artigo vamos lhe dar 5 informações sobre o tema para que você fique por dentro do assunto. Portanto, leia com bastante atenção até o final!

1. O planejamento é a fase inicial da obra

Se você acredita que a construção começa no primeiro tijolo colocado, você está enganado! Ela se inicia muito antes disso e é preciso muito estudo e análise para, então, a execução acontecer. Afinal, as escolhas e diretrizes em que a obra se baseia já devem estar determinadas antes do momento de efetivação.

Por isso, o planejamento, que é a fase inicial do projeto, é tão importante. É ali que serão decididos os profissionais envolvidos, os materiais usados, a parte arquitetônica e estrutural, enfim, toda a idealização da obra.

2. O planejamento deve considerar diversos fatores

Ao planejar, são levados em conta aspectos tanto da obra em si como fatores externos. Por exemplo, para construir uma indústria com grande impacto ambiental é preciso passar por diversas avaliações e conseguir licenças mais complexas.

Assim, cada tipo de obra deve considerar todas as particularidades que a envolvem. Isso inclui segurança, contratações, prazos, meio-ambiente, licenças necessárias, etc. Os responsáveis pelo planejamento devem examinar cada ponto para adequar o investimento a cada critério.

3. O projeto previne erros e otimiza os gastos

Quando é feito um projeto eficiente, você consegue prever possíveis falhas e os pontos fracos da construção. Dessa forma, se torna viável tomar medidas preventivas contra esses erros, para que eles não causem grandes prejuízos, além de facilitar as tomadas de decisões devido ao profundo conhecimento da obra. Assim, os recursos para a construção são usados de forma consciente, não havendo gastos excessivos nem aplicações desnecessárias.

4. O projeto de obra ajuda a alcançar seus objetivos

Enquanto a construção ainda está sendo projetada, o cliente pode e deve ser o mais claro e intervir sempre, dizendo o que ele deseja. Assim, ele trabalhará em conjunto com os responsáveis técnicos para alcançar, dentro do possível, o que ele espera.

Claro que é preciso entender que o trabalho acontece numa realidade material, então pode ser que o que você deseja não seja plausível por diversos fatores. Mas tudo deverá ser conversado para se chegar numa decisão satisfatória.

5. O projeto é composto por diversas etapas

O planejamento é só a fase inicial da edificação. O projeto deverá ser revisto e passar pela parte administrativa para que possa ser examinado dentro de parâmetros legais, obter as licenças exigidas, para que então possa entrar na parte da execução em si. É importante entender que cada etapa é composta por diversos estágios.

É preciso paciência e a compreensão de que o projeto de obra é um passo importante para garantir que você obtenha o melhor resultado possível. Lembre-se de que construções não são bens descartáveis. Por isso, antes de contratar, pesquise as melhores empresas da área e fornecedores responsáveis para que seu investimento tenha o retorno esperado.

Nosso artigo sobre projeto de obra tirou suas dúvidas sobre o assunto? Então assine nossa newsletter para receber mais informações úteis em primeira mão!

Deixe seu comentário

Your email address will not be published.